Deixe um comentário

Diário de Bordo #04.20-21: Shin Sekai Yori: From the New World

EPISÓDIO 20: BANHADO PELA FRIA LUZ DO SOL 「冷たい日だまり」 (Tsumetai Hidamari)

It’s the end of the world as we know it.

shinsekai155

A guerra continua.

Reféns no barco, Saki e Satoru são perseguidos silenciosamente pelo Espírito Maligno canal afora. Os dois lamentam o ponto que a situação chegou, pensam amigo sem nome e por tudo que passaram na infância. Sem alternativas, usam um truque arriscado para fugirem sem que o espírito perceba, criando através de Cantus uma ilusão de ótica com espelhos e nos lembram porque foram as crianças que sobreviveram à primeira crise do anime láááá na escursão escolar. Os dois continuam sendo uma equipe muito eficiente em situações de risco.

Um ponto interessante é que o Espírito Maligno aparece deformado e somente em rápidos takes, o que parece refletir mais o estado de espírito das vítimas do que o monstro real. Essa ameaça invisível contribui muito para o forte clima de filme de terror tão ou mais angustiante do que no episódio passado e, quando Saki e Satoru conseguem escapar por pouco, os telespectadores também respiram aliviados junto aos personagens.

shinsekai160

Na fuga, Saki tem flashbacks que mostram como a sociedade deles se baseia em métodos arcaicos para sobreviver, por exemplo racionamento de eletricidade, transporte  exclusivamente aquático, comunicação por tubos… o isolamente entre cada vila é grande, o que causa uma situação ‘cada um por si’ em uma emergência assim, pela dificuldade de evacuação e transmissão dos acontecimentos e alertas. Realmente, parando pra pensar, não lembro de uma cena sequer em que tenham utilizado carroças ou montarias.

shinsekai156

Depois disso, o episódio passa para um ritmo de ação, totalmente diferente do episódio anterior e da primeira metade desse. Eu pessoalmente não vejo problemas na maneira em que o anime transita entre esses diferentes momentos, apesar de complicar um pouco na hora de recomendá-lo a outras pessoas. Mas é um dos pontos que fazem de Shin Sekai um anime bastante peculiar.

A dupla enfrenta um monstro mutante no lago e uma explosão faz Saki ser jogada pra longe. Durante a queda ela tem uma visão com Shun, provavelmente engatilhada por ter sido atirada ao céus da mesma forma em que no episódio 11, quando se despediu dele. Seu pensamento também é semelhante:

“tenho que sobreviver.”

shinsekai157

Essa lembrança/visão dá forças para que ela se recupere no ar e consiga aplainar a queda com seu Cantus. É uma cena particularmente bonita, e o pacífico campo de girassóis onde ela desaba parece fora da realidade pela qual estão passando.

shinsekai158

Chegando a uma vila dizimada, Saki fica sabendo que o Espírito Maligno não foi a única tragédia que ceifou vidas durante a noite: o gás dos monstros aquáticos trouxe pânico e minou os meios de transporte, e os bakenezumis continuaram com ataques furtivos, fazendo as pessoas lutarem entre si e morrerem em consequência do death feedback. Parece que Yakoumaru tem o plano perfeito.

Na Academia, Saki reencontra Tomiko muito ferida e, ao relatar sobre o Espírito, a líder sentencia que só podem fugir e contar com a sorte. Ficando para trás, ela dá ordem para que Saki vá para o Templo da Pureza imediatamente e transmite à jovem o cargo de responsável pelo distrito.

shinsekai159

Sem informações do paradeiro de Satoru, só  resta a Saki seguir em frente.

EPISÓDIO 21: CHAMAS DO APOCALIPSE 「劫火」 (Gouka)

shinsekai161

A notícia do Espírito Maligno se espalha e o pânico toma conta do povo… isso até Shisei tomar as rédeas da liderança e encorajá-los a lutar contra os Bakenezumi, que não dão um instante de trégua. Shisei administra bem a situação contra os inimigos amparado por um discurso de ‘limpeza étnica’ e pelas suas habilidades extremas de controle de Cantus. Entretanto, a chegada do Espírito Maligno em pessoa agrava a batalha trazendo velhos fantasmas na bagagem.
quem lembra desse rostinho?

quem lembra desse rostinho?

Sua aparência pode não ser demoníaca como as visões dos episódios passados, mas certamente o estrago causado é. Mesmo com um sorriso e olhar infantilmente inocentes,  o Espírito (não sabemos seu gênero ainda, e na verdade nem é um espírito, é uma criança humana viva. Mas já que é essa a nomenclatura, continuemos com ela) ataca diretamente Shisei e não demora para que consiga sobrepujá-lo com a facilidade de… quem abre um saco de batatas, digamos assim. Também fica claro que o Espírito está junto aos bakenezumis por alguma razão desconhecida.
parece doer

parece doer

Satoru reencontra Saki e eles conseguem escapar. Depois de interrogar um bakenezumi aleatório no caminho, eles têm a confirmação de que Yakomaru conseguiu imprimir uma ideia fanática de grande causa da libertação da espécie para fazer todos os membros da colônia lutarem a despeito de sacríficios. Pior que isso, o Espírito é considerado um messias enviado para salvá-los dos humanos, dando uma injeção de confiança maior do que qualquer droga.

shinsekai164

Finalmente a dupla chega ao Templo da Pureza, local onde lááá no começo do anime é feita a cerimônia de Cantus nas crianças.
Saki descobre que os pais estiveram lá e voltaram para a vila, mas deixaram algo para que a filha recebesse no Templo.  E vem cá, e os pais do Satoru?  Nem uma única palavra sobre isso até agora, me pergunto se foi cortado da novel original.
Quem também chegou ao local é Inui, um dos membros do Departamento de Controle de Exoespécies conhecido de Saki. Ele narra sua escapada quase milagrosa dos bakenezumis e do Espírito Maligno, utilizando todas as suas habilidades que a profissão exige – pois eles são responsáveis por vigiar, estudar e muitas vezes acompanhar as exoespécies em campo, por isso têm conhecimentos de sobrevivência e camuflagem.

Inui, o ninja da vila

Inui, o ninja da vila

E com ele temos a revelação mais impressionante dessa guerra. Chegando sozinho ao hospital onde o grupo estivera alguns episódios atrás, Inui notou que os bebês desapareceram, tendo sido levados pelos bakenezumis! Além de assumir filhotes com espólios de guerra ser um comportamento já mostrado anteriormente, o buraco aqui é mais embaixo: quanto mais crianças na mão deles, mais Espíritos Malignos eles terão futuramente como aliados, ou assim supõe-se a estratégia de Yakoumaru. UM EXÉRCITO DE CRIANÇAS ASSASSINAS COM CANTUS LIVRE, TÁ BOM PRA VOCÊS?

shinsekai166

Isso certamente justifica a guerra aparentemente perdida desse bando de bichinhos esquisitos contra os super humanos psíquicos. Além de um dos maiores desenvolvimentos de personagem já vistos: de bucha de canhão lamentável a mastermind de um plano de dominação mundial crível como poucos. Isso que é Jornada do Vilão! Eu devia saber que não iam colocar o Daisuke Namikawa pra dublar um carinha qualquer.

FROM ZERO TO... VILLIAN

FROM ZERO TO… VILLIAN

E é isso, ficamos por aqui nesse retrospecto. No próximo Diário de Bordo, vamos entrando na reta final do anime! Até lá!

VISITEM O TÓPICO OFICIAL DO ANIME NO FÓRUM MINNASUKI, É DAHORA!

Kanjis dos nomes dos episódios retirados do Blog Random Curiosity

Faça um comentário, é de graça

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: