5 Comentários

Guest Review: RG Veda, volume 1 (CLAMP, Editora JBC)

Capa de RG Veda vol. 1, JBC

Capa de RG Veda vol. 1, JBC

A JBC demorou à atender os pedidos dos fãs, mas como estamos em 2012 e tudo pode acontecer, finalmente RG Veda chegou às bancas!

Guest post da @myunna, minha irmã, com quem divido nossa coleção de mangás. Ainda preciso ler RG Veda. Com colaboração de @konekomanga, nosso gato.

Sinopse: Somos apresentados a um mundo onde deuses e humanos convivem. Desde o início dos Tempos, o Imperador Celestial regia tudo e todos e mantinha a paz com a ajuda de diversos Clãs. Porém, uma guerra devastadora eclodiu com a rebelião do General do Imperador Celestial, Taishakuten, e o clã guerreiro mais poderoso, Ashura, foi varrido da existência. Centenas de anos mais tarde, Samraat Yasha, líder de seu clã, descobre a profecia que anuncia a queda de Taishakuten através das mãos do último remanescente do Clã Ashura. Destinado a ser uma das Sete Estrelas insurgidas, Yasha terá que se proteger e proteger o jovem e imaturo Ashura das forças do Imperador Celestial, enquanto busca por seus aliados.

A origem das cenas místicas para desenvolver o plot

O enredo de RG Veda é denso, e nos mostra exatamente como era a tendência de início de carreira do CLAMP para histórias intrincadas, cheias de traições e revelações. Muitos mangás já exploraram os mitos indianos, e RG Veda nos traz uma visão sobre o mito de Ashura e a Guerra do mundo Celestial.

Bishamonten!

Tendo sido lançado no final da década de 80 no Japão, é considerado o primeiro trabalho do Grupo CLAMP. O traço de RG Veda é rico em detalhes e texturas visuais, o que reforça a atmosfera etérea de algumas passagens do mangá e as cenas gore de outras passagens. Alguns podem estranhar essa coisa mais “pesada” presente em RG Veda, mas tudo é muito pontual posto que ele trata de uma guerra, e guerras não poupam ninguém que esteja em seu caminho

A revelação do lado negro do protagonista

De cara, os personagens são um pouco “bidimensionais” demais, mas vamos tendo uma noção melhor de suas ambições e vidas com a passagem das páginas. Yasha é um personagem sério e do tipo quietão, o que deixa toda a parte cômica para o jovem Ashura, que o tempo todo nos lembra um filhote pequeno e curioso. É possível perceber que muitas forças entram em ação a partir do momento em que Yasha descobre sobre a profecia, então fica claro que não veremos nada muito maniqueísta no decorrer da história, o que há de torna-la cada vez mais surpreendente.

Páginas coloridas, como no original

Como é típico do CLAMP, temos muitas relações entre personagens pautadas no mais puro e simples “bromance”, e alguns personagens que escondem suas naturezas através de piadas e gracinhas, mas não existe nada passível de ser chamado de Yaoi em RG Veda como vemos em alguns outros mangás do CLAMP.

A partir da narrativa de RG Veda também podemos perceber o nascimento da fórmula que viria a ser aproveitada em vários outros trabalhos do grupo como X/1999, Tokyo Babylon e Guerreiras Mágicas de Rayearth. Inclusive, o traço dessas obras ainda é bem próximo, com muitos detalhes, sombras, cabelos complexos e backgrounds impecáveis.

Contra-capa

RG Veda foi lançado no formato absolutamente original, com páginas coloridas, capa igual ao do primeiro volume japonês, tudo isso por 11,90.Posso dizer, como fã que sou, que existe muito pouco do que reclamar no quesito de fidelidade ao original. O papel, na gramatura nova anunciada pela Editora JBC um tempo atrás, não apresenta nenhum problema com transparência, e o acabamento é impecável, como de costume da editora. Ao longo das páginas, também, acompanhamos as notas de rodapé sobre os termos específicos da história, e temos uma pequena aula de mitos indianos. A JBC também conservou, no final do mangá, as tirinhas sobre o grupo CLAMP (também chamadas de RG Veda pirata): um pequeno bônus das autoras sobre si com pequenas paródias sobre o mangá.

No mais, se você é fã das obras do CLAMP e ainda não conhece RG Veda, está na hora de conhecer. E, se você não é muito fã do CLAMP, vale muito à pena dar uma chance para o enredo do mangá, que é fantasticamente promissor.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre mexicano21

Her name is Koko she is loko I said "Oh no!"

5 comentários em “Guest Review: RG Veda, volume 1 (CLAMP, Editora JBC)

  1. Hum… Não sou fã da CLAMP, nunca gostei de nenhuma das obras que acompanhei depois de grande, mas lembro o qto eu amava Guerreiras Mágicas qdo era pequena, e sempre fui curiosa com RG Veda pq sempre achei mto similares… Quem sabe eu dê uma chance ao mangá? Se chegar aqui em Brasília, acho que vou conferir pelo menos o primeiro volume.

    • RG Veda é um mangá bem interessante em vários aspectos; ele não tem aquela coisa que MKR que seria a ausência de vilões reais na história (inclusive, eventualmente, sobram vilões em RG Veda xD), e acho particularmente os personagens mais interessantes e melhor desenvolvidos do que em MKR (onde tudo é um grande clichê). Ele é mais sóbrio também, em vários aspectos. Dê uma chance ao mangá sim ^^

  2. sempre procurei mangás que os personagens focem envolvido com deuses e só agora eu encontrei, rg veda é um mangá q da vida a vários deuses esquecidos e vários personagens legais q utilizam espadas muitos bem feitas, o mas legal é q eles ñ passam história toda lutando, mas o que eu gostei foi o bom humor do CLAMP, elas cocaram muitas partes engraçadas no volume 1, estou esperado sair o vol 2 e q chege logo q ñ aguento + fica sem ler RG VEDA.
    espero q gostem de rg veda.
    boa sorte.

    • Se quiser um battle shonen light gore borderline seinen, tem 3×3 Eyes com a mitologia indiana como plano de fundo também =)

      E se quiser esticar ao máximo a definição “mangá com deuses” tem Saint Young Men também… LOL.

  3. RG VEDA é um mangá muito bom e engraçado eu já li os mangares 1, 2 e 3 estou esperando o 4 super curiosa deem uma chance p/ RG VEDA ok ^^

Faça um comentário, é de graça

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: