7 Comentários

Sengoku Collection: Brain’s Base pagando mico?

Primeiro de tudo…

NÃO ASSISTAM SENGOKU COLLECTION, P0%%&!!!

Obrigado.

Fabulous Max

Se sua resposta à recomendação acima foi “Me obrigue!”…  Bem, um pouco mais abaixo eu vou dizer quais episódios prestam e quais não. Pule os ruins, vai por mim, você não vai querer vê-los e nem fazem falta. Antes de fazerem piadinha, sim tem alguns episódios bons nesse anime, mas enfim…

Se você gosta de rir da desgraça alheia, vai gostar dessa postagem mesmo que odeie Odas Nobunagas moes e afins, porque deus sabe como eu sofri com esse anime.

Nobunaga for waifu

Vamos começar falando do que raios se trata o anime né.

Sengoku Collection é mais um anime de releitura sobre o período Sengoku, com os grandes generais representados por garotas bonitinhas. Tem general pra todo gosto: lolis, femmes fatales, tsunderes, etc.

O Sengoku Collection original é um social card game de celular, da Konami.

CARD GAMES ON CELLPHONES! YAR


CARD GAMES ON CELLPHONES! YEAH!
(Aparentemente ninguém usa celular em Yu-Gi-Oh!, então vai essa  imagem mesmo)

O que me fez assistir esta bomba foi…

Caramba, esse anime era um mico anunciado do estúdio Brain’s Base, era tipo um combo breaker.

Olha a história do estúdio como ficou agora, pulando alguns:

2005

2007

2008

2009

2010

2011

2012

Claro que isso é apenas um hate básico, afinal, o estúdio Brain’s base já rendeu algumas pérolas como Akikan.

Mas depois de Mawaru Penguindrum, as pessoas criaram um mito que o estúdio era perfeito e ficaram ansiosos pela sua próxima obra-prima.

(OBRA PRIMA??? PARE DE GOSTAR DO QUE EU NÃO GOSTO! e etc)

Vale dizer também que nem é culpa do estúdio somente, pois quem manda o que ele vai fazer ou deixar de fazer é a produtora.

Ah mas eles podem dizer “Hã? Não aceitamos trabalhos moezeiros de quinta, me manda um trabalho decente aí pra eu fazer”. Lindo na teoria, mas se o estúdio ficar rejeitando trabalho assim por capricho vai ficar na pobreza. O mercado é cruel, me perdoe.

Enfim, mandaram um trabalho puramente comercial para nosso estúdio querido e louvado.

Mas… mesmo nesse anime medíocre, tiveram coisas muito interessantes. A equipe desse anime deve estar cheia de manjadores, pois mesmo em um anime desses eles conseguiram colocar algo ‘cult’ implícito.

Os episódios de Sengoku Collection são uma antologia. Tem uma premissa linear por detrás, mas cada episódio conta sua historinha, e a protagonista muda todo episódio focando em uma garota diferente em cada um deles(tem alguns episódios duplos).

Aliás, a palavra antologia é definida como ‘coleção de trabalhos literários’, o que torna óbvio o motivo da escolha de fazer o anime desse jeito, considerando o nome do próprio.

Cada episódio homenageia um filme, um passatempo é tentar advinhar qual.

E a variação de gêneros dos títulos é enorme, desde “Tiros em Columbine”(!!!) a “De volta para o futuro” ou filmes hipsters que ninguém nunca ouviu falar.

Aqui nessa imagem tem qual filme corresponde a cada episódio.

De cima pra baixo, esquerda para direita:

1 – A Princesa e o Plebeu

2 –Nasce uma Estrela

3 –Asas do Desejo

4 –Woman Prisoner 701 / Scorpion

5 –Tiros em Columbine

6 –De volta para o futuro

7 –Bagdad Café

8 –Alice(1988)

9 e 10 –Volcano High

11 –Golpe de Mestre

12 –A Supermáquina

13 – O Chacal

14 –Yappari Neko Ga Suki

15 –A casa da noite eterna

16 –Trama Diabólica

17 –O feitiço de Áquila

18 –Dançando no Escuro

19 –Inugami-ke no Ichizoku

20 –Amadeus

21 –2001, Uma Odisséia no Espaço

22 –Zero no shôten

23 –Legend of Galactic Heroes

24 –Diva

25 –Tsurikichi Sanpei

26 –Maboroshi no Mizuumi

E isso é subjetivo, não é informação oficial. Pode ser que os que fizeram esse anime nem pensaram em homenagear alguns desses filmes e aconteceu apenas coincidência.

Apesar de que alguns são certezas absolutas.

Como prometi, vamos falar dos episódios que valem a pena ver, se você tiver mesmo vontade de assistir esse anime.

No.

Título

Data de exibição original

01

“Sweet Little Devil”

 5 de Abril de 2012

É o primeiro episódio. É bobo ao extremo, mas até que eu achei divertido. Esse episódio tem o ritmo de tantos outros, é bom pra se acostumar.Os episódios de Sengoku Collection geralmente são assim:Começa sem graça, e na metade do episódio começa a melhorar um pouco pra ficar bom(talvez) mais para o final. O padrão se repete bastante.Curiosamente o filme que baseou esse episódio, A princesa e o Plebeu, já foi homenageadoem um outro anime: Strike Witches, no episódio 5.

02

“Peaceful Empress”

12 de Abril de 2012

Esse episódio me deu câncer. O recorde de dropagens foi nesse episódio.

03

“Pure Angel”

19 de Abril de 2012

Para quem gosta de fanservice yuri, esse episódio até que é bonitinho. Aliás, essa é outra constante em Sengoku Collection, se você quiser shippar yuri esse anime é uma festa. Não tem uma garota que não tenha sua pseudo-namorada. Há um ou outro shipping hétero possível,e até alguns shippings muito bizarros também são possíveis(este anime me corrompeu). Há que odeie a posição onde fica a boca da Kanetsugu em seu rosto, mas enfim(poxa eu gosto dela).

04

“One-eyed Dragon”

26 de Abril 2012

Primeiro episódio bom de verdade, foi o episódio que deu falsas esperanças para quem ainda achava queesse anime começaria a ter lutas.(ok, eu sou o errado pensando que em um anime de samurais deveriam haver lutas ¬¬) O pessoal da Brain’s Base parece amar essa personagem, pois sempre que ela aparece o anime fica melhoranimado, e eles não deixam de fazer uma sombra ou curva sequer nela.Até a protagonista Oda várias vezes fica com derp meguca face, mas com a Date,isso jamais acontece.

05

“Sword Maiden”

3 de Maio de 2012

Esse episódio é épico só por ser uma paródia a um filme do Michael Moore em um anime!Jamais pensei que veria isso algum dia…

06

“Knowledge Master”

10 de Maio de 2012

Aqui aparece outra característica de Sengoku Collection, apesar de menos frequente:Inceptions e paradoxos. Gennai voltou no tempo em uma máquina…então agora existem 2 Gennais e 2 máquinas do tempo? Nunca saberemos.

07

“Refined Bard”

17 de Maio de 2012

Esse episódio é muito legal. A Bassho é uma especialista em haikus, aqueles poemas japoneses.Então ela faz um haiku café pra uma tsundere de 40 anos. Tem até um reencontro tocante de filho desaparecido com a mãe,a lá programa do Gugu. A Nobunaga volta a aparecer aqui, depois de dois episódios.

08

“Regent Girl”

24 de Maio de 2012

Se você gosta de Mawaru penguindorgas, veja esse episódio. É totalmente insano, e até filosófico em algumas partes(ou será?) O final dele é surpreendente e com efeito cômico.

09 e 10

“Ambitious Princess I e II”

31 de Maio de 2012

 Muito bons esses episódios! Quem queria luta, até sem empolgou neles e eles são engraçados também.A Soun é uma das melhores personagens, I dare you não gostar dela. O narrador é meio retardado, entretanto…

11

“Brutal Maiden”

14 de Junho de 2012

Cassino time! Nunca vi tantas fichas de pôquer na minha vida. Episódio legal até, e a Hisahide é um pedaço de mal caminho.

12

“Dancing Blossom”

21 de Junho de 2012

Depois de CARD GAMES… MOTORCYCLES! Episódio bonzinho também, mais uma garota hot as hell. E a lição que ela dá no delinquente é de fazer inveja…Aparece de novo o carinha do primeiro episódio,e a épica aparição do Potato Chips guy.

13

“Silver Hornet”

28 de Junho de 2012

Episódio da praia. Bom pra ver as meninas com pouca roupa, mas esse episódio está muito mal desenhado até para a baixa regularidade de Sengoku Collection.

14

“Novel Deciders”

5 de Julho de 2012

Primeiro episódio da segunda temporada. Nem preciso falar do susto quando… terminaram de apresentar todas garotas da abertura e…Muda a abertura e dobra o número de garotas! É que nem o negócio do Latino,fizeram a piadinha “huehuehue br br ia ser engraçado se o Latino fizesse uma versão do Gangnam style”, era piada recorrente “Daí chega na metade e apresentam mais garotas na abertura”. Em ambos os casos o resultado não foi muito engraçado… Episódio sobre o Shinsengumi versão feminina. 3 garotas se juntam em uma casa para enfrentar… os desafios do dia a dia! A essa altura eu já tava aceitando tudo então, até que nem reclamei tanto. Pelo menos as três são umas beldades.

15

“Annihilate Princess”

12 de Julho 2012

Ruim!Muito sem graça… Só vale pela participação da Date e pela Mogami ser cute. Mas mesmo assim esse episódio foi muito fraco.

16

“Blade Adept”

19 de Julho de 2012

Episódio herp derp. Uma roleta russa um tanto diferente do que você está acostumado a ver… Até que foi engraçadinho. Se gosta de humor besteirol, dá uma olhada.

17

“Sunshine Ruler”

26 de Julho de 2012

Aquele cachorro tem o latido mais estranho que eu já ouvi na vida. Mistura de ‘A menina e o porquinho’ com shoujo que pessoas viram animais. Meio estranho eles quererem que a gente shipe a Liu Bei com a velhinha tsundere… Bom, deve ter gosto pra tudo. Episódio bem mais ou menos. Imagine como eu já estava cansado desse anime aqui, segunda temporada tava sendo um fracasso para mim,até que…

18

“Four Leaves”

2 de Agosto de 2012

Melhor episódio do anime todo. Muito muito bom. E sabe o que é o pior? Sabe o pior?Os malditos fãs do anime tavam reclamando desse episódio ¬¬“Ain, voltem com as garotinhas bonitinhas fazendo coisas fofas! Eu não quero ver coisas tristes, eu quero ver coisas felizes!” Vsf moezeiros do inferno, esse episódio foi muito bom sim, e muito melhor que os outros. Foi baseado no filme Dançando no Escuro.

19

“Vengeful Fang, IS”

9 de Agosto de 2012

No começo desse episódio eu achei que estava bobo demais… Mas a reviravolta foi muito boa. E no final tem um inception de inception, achei muito legal.Episódio decente, vale a pena dar uma conferida, especialmente quem gosta de detetives.

20

“Vengeful Fang, OS”

16 de Agosto de 2012

Yuri, yuri everywhere. Um triângulo e depois quadrado amoroso. Várias das garotas aparecem nesse episódio e interagem entre si, vale a pena conferir. Esse episódio tem parte importante da história, e como é continuação do 19, vale dar uma olhada nos dois.

21

“Cavalry Queen”

23 de Agosto de 2012

Meio boring, não fui com a cara do character design da Shingen desde a primeira vista.Tem um pouco de ação no espaço, e um robozinho pra ser shippado com a menina.

22

“The Splendor”

30 de Agosto de 2012

Date supostamente morreu e Kojuro deve descobrir o que aconteceu.Mais yuri e pegação.Como aparece a Date, vale dar uma olhada.

23

“The Dune”

6 de Setembro de 2012

Esse episódio é até interessante, mesmo parecendo bobo. É uma briga de Amago em uma creche pela disputa de um parquinho de areia. Tá, falando assim realmente é muito bobo.Mas é interessante como a disputa é narrada como uma guerra entre generais,é uma forma de narrativa interessante. Ah é, esse episódio é paródia ao Legend of Galactic Heroes. É ou não um anime herege esse Sengoku Collection?

24

“Peaceful Empress – EX”

13 de Setembro de 2012

Ieyasu de novo, god porque! Esse é menos pior que o episódio 2, e conseguiu me trollar no final.Tem um shipping hetero nesse episódio, por incrível que pareça. Se bem que teve no primeiro episódio também,teve até gente que pensou que ia ser harém no início.

25

“Marshal Princess”

20 de Setembro de 2012

A cena da Yoshimoto com o peixe… É sensacional. Não se compara a cena da escova do Nisemonogatari, claro, mas… certamente foi memorável. E esse decote da Yoshimoto foi a melhor invenção, mesmo que irreal. Gosto muito da dubladora dela também a Ai Shimizu, ela podia substituir a Kugimiya devez em quando, muito melhor.

26

“Sengoku Collection”

27 de Setembro de 2012

É o último episódio. Primeira parte do episódio teve bastante luta(o que era previsível que aconteceria). Achei a luta bem legal, um tanto diferente do de sempre. Na segunda parte do episódio, é aquele final de sempre que mostracomo as garotas vivem a sua vida felizes, ao som da música de encerramento. Me lembra os animes antigos que terminavam sempre assim, dá uma nostalgia. Como tem mais de oito mil personagens, tiveram que usar as duas músicas de encerramente…em sua versão extendida! Foi bem um episódio pra agradar os fãs, eles devem ter gostado. A solução pro negócio dos tesouros deixo pra vocês assistirem,mas já aviso que não foi nada demais, nem nada muito decepcionante. Afinal, quem tinha muita expectativa a essa altura né?

Agora vamos fazer algumas considerações gerais sobre o anime…

Arte

Os cenários… são totalmente econômicos, às vezes quase inexistentes.

Quem não gosta de cenários muito coloridos, vai ter dor na visão ao tentar ver esse anime.

Quem é hipster talvez até goste.

Os designs dos personagens eu achei na maioria muito bons.

O que peca é a irregularidade de animação, muitas derp faces e personagens que mudam muito o rosto de um episódio para outro. É comum acontecer a variação, pois sempre tem rodízio de animadores em qualquer anime, mas em Sengoku Collection a variação é quase tanta quando em Cavaleiros do Zodíaco.

Além da irregularidade, a animação é tão econômica quanto o cenário.

É o clássico “vamos animar esboços que ninguém vai ligar”.

Eu acho que foi a decisão certa, porque esse anime foi feio mais for the lulz, não foi feito pra

vender zilhares de unidades. E não queremos que nosso estúdio fique no vermelho né…

Aliás Sengoku Collection vendeu bem até então. Como custou barato, deve chegar até mesmo a conseguir algum lucro. O que é muito mais do que eles queriam, visto que obviamente esse anime é só pra promover o jogo de celular.

Para te causar revolte, te digo que o primeiro volume do DVD vendeu mais do que Sakamichi no Apollon, entre outros. Se bem que ele tinha bônus para quem joga o jogo(bom marketing), no segundo volume já começou a cair um pouco as vendas.

Trilha Sonora

Achei muito boa a trilha.

O primeiro encerramento é meu preferido, o segundo eu não gostei.

As aberturas as duas são boas.

ABCHO é uma dupla de cantoras noobs, mas as vozes são agradáveis, desejo sucesso maior a elas.

Fiquei com dó delas… além de cantar num galpão de um programa trash estilo Perdidos da Noite, uma das belezuras ou não tava com o microfone funcionando ou esqueceu de ligar.

E o cinegrafista malandrão ficou focando nas coxas das meninas.

Sobre as músicas de fundo, de Tomoki Kikuya… gostei muito.

Só não é melhor que as de Nazo no Kanojo X, porque né.

Mas eu gosto muito das músicas calmas da OST que usam violão, e algumas com guitarra e violino são boas de ouvir também. Até os eyecatchs e a música de preview são bacanas. As músicas mais alegres eu não curto muito.

Vale a pena baixar e ouvir, sério, são músicas muito boas.

Dubladores(ou seiyus)

Nomes bastante conhecidos como Yoko Hikasa(a Mio de K-on), Mai Nakahara(Watashi, de Jinrui), Mamiko Noto(Kotomi de Clannad) e outras não tão conhecidas que mandam bem.

Quem assiste anime só por dubladora(se bem que no Brasil quase ninguém deve fazer), vale a pena conferir os episódios que a sua favorita aparece.

Personagens

Posso falar bastantes coisas ruins do anime, mas tiveram poucas personagens que achei insuportáveis(meu nível de tolerância é alto, notem). E isso num elenco gigante desses é algo positivo.

As três Mikos sempre fazem uma ponta nos episódios, então é um passatempo(ou não) esperar o que elas vão aprontar no próximo episódio.

Os personagens coadjuvantes sem importância na maioria das vezes são mal desenhados, para que as garotas fiquem sempre bonitas… apesar que muitas vezes nem as garotas ficam bem desenhadas, mas ao menos a intenção parece ser essa.

Plot

Que plot?

Nem preciso dizer que se foi buscar história nesse anime, já começou errado.

No primeiro episódio a Oda Nobunaga versão feminina vai do período Sengoku para o atual do nada e cai literalmente do céu em cima de um garoto aleatório. É disso que estamos falando aqui.

Até o pôster de divulgação tira sarro disso.

Até tem algumas referências históricas, mas é muito pouco, e coisa bem implícita.

Oras, quem é que vai querer aprender história do Japão assistindo um anime em que os grandes generais são garotas bonitinhas? Eu.

Vou ficar por aqui.

Lá no tópico do fórum minna suki eu comentei episódio por episódio, com zilhões de imagens, zuações e frustrações. Se tiver afim de dar uma olhada, passe por lá:

http://forum.minnasuki.com/thread-628.html

7 comentários em “Sengoku Collection: Brain’s Base pagando mico?

  1. Cara, esse anime realmente foi contraditório… Apesar de ser as merdas como você falou, no fim a gente conclui que sei lá, no fim teve coisas legais mesmo, o meu episódio favorito foi o da Gennai mesmo, pra mim foi a mais carismática, apesar de ser meio confuso também ne

    • Né? Além do 18 eu gostei muito de alguns outros episódios.

      Só não dá pra dar uma nota muito boa pro anime porque tem episódios ruins, e ainda alguns muito ruins de dar dó.

      Se bem que isso também aconteceu com outros animes desse ano que foram mais assistidos…
      A maior dificuldade é o formato episódico, eu mesmo não gosto muito disso.

  2. Jasque, via de regra eu não comento em blogs, mesmo os dos Tomodachis, mas vendo o abssurdo esforço dispendido para fazer esta postagem eu terei de comentar.

    Muito util o que fizeste separando o joio do trigo, infelizmente mesmo o trigo deste anime é de uma qualidade duvidosa. Queria ter eu lido isto antes de ter tentado assistir Sengoku Collection por conta própria.

    • Valeu por comentar hehe

      E tu foi guerreiro, conseguiu ver o anime até longe lol
      Nem eu sei como isso ficou tão grande, as palavras foram fluindo e toda hora aparecia mais idéia do que colocar…

      Na verdade se deixasse a postagem teria o dobro do tamanho lol
      Tinha muito mais coisas que eu queria comentar.

  3. jasque, tu é um herói mesmo. Não basta assistir Sengoku até o final, ainda tem que postar sobre ele! lol
    mas até deu vontade de assistir os epis recomendados como bons, principalmente o 18.
    mais honesto, impossível!😀

    • Assiste sim, hehe, eu achei esse episódio muito bom e ele não tem pervertices(acho que quase todos os outros tem lol). E pense, é o episódio que os fãs não gostaram, não tem como ser ruim lol

  4. Esse post é até mais legal do que aquela merda escrota.

Faça um comentário, é de graça

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: