2 Comentários

Diário de Bordo #04.1: Shin Sekai Yori: From the New World

EPISÓDIO 1: ESTAÇÃO DAS FOLHAS JOVENS

 Ah sim, esse bom e velho novo mundo.

Estreio aqui no AW com o diário de bordo desse anime que já se tornou um dos queridões da blogosfera da recém-iniciada temporada de Outono. Bem, screw the hype, eu já sabia que seria um dos meus favoritos logo nos primeiros minutos, quando a música começou e o clima de misticismo tomou conta da tela.

Porque eu adoro animes com folclore, misticismo, youkais e essas coisas. É minha fraqueza.

Bem, vocês podem procurar sinopse e dados técnicos em qualquer canto da internet, então vou pular essa parte. Só vou comentar que o estúdio A-1 Pictures está competindo com Peter Jackson na construção de um forte de dinheiro, com a qual nenhum de nós vai contribuir graças ao torrent e aos fansubs.

Agora, ao que interessa, o episódio. CACETE DE AGULHA, que viagem fumada. Já começamos com um mini prólogo assustador em um cenário urbano, cuja edição pode remeter a obras como Lain e Paranoia Agent. Quando assisti pela segunda vez, os delírios de Satoshi Kon foram minha principal referência, na primeira nem tive tempo de digerir.

é você, shonen bat?

é você, shonen bat?

Depois disso, uma cena desconexa ambientada 1000 anos no futuro em uma paisagem rural de Ibaraki, mostrando as silhuetas de um grupo de crianças que parecem estar brincando. Em oposição ao caos urbano da cena anterior, tudo é paz e natureza.

nada melhor do que não fazer nada

nada melhor do que não fazer nada

Finalmente, a trama ‘começa’. Temos essa guria, Saki Watanabe, passando por um ritual de iniciação a vida adulta com direito a fogueira, ancião, sacerdotisas de máscaras e longos cabelos, mantras e selamento de poderes. No meio disso, mostrando mais uma vez a vontade do anime de fazer o telespectador prestar atenção, um flashback contextualizando a situação.

E aqui cabem alguns comentários sobre a ambientação. Os pais dela estavam extremamente felizes com o despertar dos poderes telecinéticos da filha, como se ela tivesse passado no vestibular. Era algo esperado e desejado. A casa dela não é tão primitiva como se esperaria de uma civilização envolta em rituais espirituais como esse. Não vemos televisão ou celular, mas temos camas, livros e estantes como as dos dias de hoje. Ruínas?

bela casa

bela casa

 Depois de ter selado um poder e ganho outro semelhante (é, isso mesmo…), a amiguinha ganha o direito de ir à nova escola do Professor Xavier onde estão todos os amiguinhos que conseguiram o despertar do poder ‘no tempo certo’. As relações entre eles vão sendo mostradas naturalmente, e é um grupo consideravelmente grande. E, como sempre, temos o loser sem habilidade que só atrapalha, nesse caso a pobre Reika. Eu nem falaria dela, mas… ao final, ela se mostra importante.

não tá facil pra ninguém

não tá facil pra ninguém

 Mesmo na escola, a atmosfera permanece com a impressão de que ‘tem algo de podre nessa utopia’, e claro que tem, esse é o legal do anime. Algumas coisas e pessoas parecem ser lembradas apenas por Saki, e certas frases e movimentos desconexos são jogados de forma a causar estranhamento.

 DAFUQ MAN

DAFUQ MAN

Não deixe a Barreira Sagrada, ou o espírito mau virá atrás de você...

Não deixe a Barreira Sagrada, ou o espírito mau virá atrás de você…

Não basta a historinha didática da imagem acima, ainda temos a lenda do espírito maligno do gato devorador de crianças que não conseguem se ‘graduar’, ou seja, despertar os poderes. Um pequeno mistério da sala dos professores. O desaparecimento da garota sem habilidade ao final do episódio.

E o maior de todos os mistérios, invisível aos olhos do grupo de Saki por terem nascido nesse contexto: o que diabos aconteceu com o mundo para que humanos fossem capazes de usar magia, invocar espíritos e renunciar à modernidade anterior? Temos mais 24 episódios para descobrir.

Enfim, Shin Sekai é uma FC de suspense com nuances psicológicas que tem tudo pra ser boa e honesta. Recomendo a quem goste de folclore oriental, uns bons mindfucks, teorias e interpretações, essas coisas. Mas também não é tão denso que você precise estar 100% imerso para entender e abstrair, como um Moryou no Hako da vida. Mas é bom pra exercitar. Além de ser visualmente belo.

Até agora, ótima estreia com 09/10.

 Rumo ao episódio 2, e… humanidade continua em declínio!!!!

ah, a juventude

ah, a juventude

2 comentários em “Diário de Bordo #04.1: Shin Sekai Yori: From the New World

  1. Achei a iluminação e fotografia muito boas, e eu curto muito esses shaftismos.

    Cara, aquelas sombras formando vários quadrados, puro scenery porn.
    A forma que as historinhas são contadas eu acho muito legais também.

  2. Ótimo Texto Anachan, bem leve e fácil de Ler. (:
    O anime realmente parece promissor, A-1 Pictures fez um belo trabalho neste singelo episódio com um clima bastante atraente. Tem tudo para ser uma boa surpresa da temporada. ^^

Faça um comentário, é de graça

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: