23 Comentários

Animes da Temporada de Outubro segundo o Mexicano. Ou: Nada se cria, tudo se adapta!

Vou assistir anime pra caramba nessa temporada. Tem muita coisa boa, algumas continuações que eu espero ansioso, ação, comédia, romance, moe, será uma temporada bem mais variada do que a temporada de julho sem sombra de dúvidas, e na minha opinião, superior em quantidade de bons animes. Digo, animes que espero que sejam bons né, porque seria no mínimo temerário dizer que algo é bom sem antes ver. Mas sem sombra de dúvidas essa temporada também será uma das menos originais. Com isso quero dizer: a maioria dos animes dela, principalmente os mais importantes, é adaptação de mangá, light novel, visual novel ou outras mídias. O que não é necessariamente algo ruim, mas acho curioso o suficiente para valer um comentário que suba para o título.

E só um alerta, isso não é uma lista necessariamente completa e muito menos imparcial. Me esforcei para fazê-la o mais completa possível, mas como a intenção nunca foi fazer uma lista fria de sinopses (em breve vocês verão elas pipocarem nos blogs da comunidade, não se preocupem) mas sim expôr o meu ponto de vista sobre os animes que virão, todos os textos são obviamente parciais e enviesados.

Vamos ao que interessa!

Animes que eu vou assistir

Btooom!

Quantas pessoas não gostariam de dormir e acordar dentro de um jogo? E geralmente quanto mais vagabunda a pessoa (não estuda ou não trabalha), mais ela gostaria de fugir da realidade desse jeito. Nesse anime, que é baseado em mangá (que eu também quero ler), isso acontece de verdade com um vagabundo extremo que realmente não faz nada da vida. Ele acorda um dia e está em um lugar estranho, que descobre logo, é um jogo que ele tem costume em jogar. E isso aconteceu com outras pessoas além dele. Só que a realidade (isso tudo é mesmo real?) não é tão legal assim, pelo que li a respeito aqui e ali a história é pesada, com mortes e agressões e outras coisas divertidas desse tipo.

From the New World

Adaptação de light novel. Um futuro utópico, com muita natureza e pessoas vivendo felizes em vilas pacíficas. Os governantes desse mundo têm o poder da telecinese, considerado amaldiçoado. Cinco adolescentes felizes nesse mundo feliz são os protagonistas, descobrem que um deles tem esse poder maldito, e se unem para fazer alguma coisa agora que descobriram isso e começaram e descobrir que o mundo não é tão feliz quanto aparenta ser. Eu estava indeciso sobre esse até pouco tempo atrás, mas o último trailer finalmente me convenceu.

Girls und Panzer

Um anime original e com uma desculpa esfarrapada para colocar garotinhas fofinhas dentro de tanques. Em Girls und Panzer, pilotar tanques de guerra é uma arte marcial comum. A protagonista muda de escola porque não gosta muito disso, mas na nova escola, adivinhem, obrigam ela a participar de um campeonato. Os tanques são realistas, réplicas de tanques reais, com decorações femininas que recebem de suas pilotas, ficam uma gracinha. E as pilotas são fofíssimas também. Não é um anime para ser levado a sério, e por isso mesmo quero assisti-lo.

Hayate the Combat Butler: Can’t take my eyes off you

Baseado em mangá, Hayate é um pobre diabo vendido para a yakuza pelos pais para pagar uma dívida enorme. Ele sequestra uma garotinha para pedir resgate, mas ela entende errado e acha que é uma confissão de amor. Yakuzas aparecem, sequestram a garota de verdade, e ele a salva. Desfeita a confusão, ela decide ajudar ele se ele concordar em se tornar seu mordomo até que quite a dívida (o que vai demorar quarenta anos). Mas isso é o mangá. Hayate já foi adaptado para anime antes (duas séries para TV, um OVA e um filme), e dessa vez a promessa é uma história totalmente nova, independente das anteriores, e escrita pelo próprio autor do mangá. Sempre quis ler o mangá, não vi nada de anime também, e vou assistir esse para ter a minha primeira experiência com Hayate.

JoJo’s Bizarre Adventure

JoJo é um mangá já clássico e ainda em publicação. Cada arco é uma história independente, todas são conectadas entre si, e contam a história dos membros da família Joestar. Animes e jogos já foram feitos baseados em diferentes arcos da história, mas esse será o primeiro anime para TV que irá adaptar o primeiro arco de JoJo: Phantom Blood. Conta a história de Jonathan Joestar contra Dio Brando e seu plano maligno. Jonathan é o herdeiro legítimo da família Joestar, e seu pai adota Dio Brando, de quem Jonathan tenta se tornar amigo. Mas desde o início Dio planejava enlouquecer Jonathan e ganhar a confiança de seu pai para em seu lugar herdar a fortuna da família. Jonathan deve lutar contra Dio, que no processo se torna um vampiro. JoJo’s é outro mangá que eu simplesmente preciso ler. Então eu simplesmente preciso assistir esse anime.

Jormungand Perfect Order

“Her name is Koko, she is loco, I said ‘Oh no!'”

A primeira temporada foi muito boa, estive ansioso para o lançamento de cada episódio, enfim, não tenho muito o que comentar. Não saiu ainda nenhum material promocional a respeito da segunda temporada que eu saiba, por isso não tenho muito o que mostrar. Eu poderia então colocar AMV’s, ou os vídeos de abertura e encerramento da primeira temporada, mas não quero. Quem assistiu deve se lembrar que no último episódio, em uma das cenas mais épicas da série inteira aliás, começou a tocar uma Bossa Nova, em português e tudo. Eu gostei tanto da série que eu simplesmente tive que descobrir que música era aquela e de quem era, então aproveito esse post para compartilhar o que descobri naquela madrugada em que assisti o décimo segundo episódio de Jormungand.


http://www.myspace.com/anastaciosilvio
https://twitter.com/silvioanastacio/

O autor até onde eu sei é um completo desconhecido. Eu não conheço muito tampouco gosto de Bossa Nova, mas gostei bastante de Jormungand e gostei da inserção dessa música no anime.

Magi

Adaptação de mangá da Shonen Sunday, ainda em andamento e que passa de dez volumes publicados, é um battle shonen que eu já estava querendo ler faz algum tempo e agora terei oportunidade de assistir o anime antes. É uma aventura em um mundo de fantasia livremente inspirado nas Mil e Uma Noites, Aladin é o protagonista, e em Magi ele é um garoto de cerca de 10 anos que tem um gênio chamado Ugo vivendo em sua flauta. Ele é um magi e de dungeon em dungeon descobre mais sobre o mundo, encontra outras pessoas que estão em jornadas como a sua, conhece lugares e povos diferentes, cria várias amizades, enfim, é um shonen de ação e aventura como tantos por aí que todo mundo adora (e alguns odeiam). E eu realmente gostei dessa sinopse e aposto muito nessa história.

Medaka Box Abnormal

Segunda temporada de Medaka Box, baseado no mangá homônimo. Se você gostou do último arco da primeira temporada, ou achou que na primeira faltaram combates, assista a segunda. Eu leio o mangá e garanto que vem por aí uma temporada que não deixa nada a desejar em relação a qualquer outro battle shonen. Medaka, Zenkichi, Akune e até a Kikaijima, além de vários outros personagens novos e alguns já conhecidos, voltam para a TV e dessa vez é pra quebrar o pau. Como leitor assíduo do mangá é óbvio que eu não vou perder essa temporada.

Psycho-Pass

Uma série original escrita por Gen Urobuchi. Depois de Madoka Magica e Fate/Zero eu vou assistir só por causa dele, sério mesmo. A história em si tem um feeling meio Minority Report: existe uma agência encarregada de caçar pessoas antes que elas cometam crimes. Para isso eles dominaram a tecnologia de ler mentes, e se uma pessoa tem um padrão mental muito “criminoso” um executor vai atrás dela. Os executores por sua vez andam sempre acompanhados de um inspetor para o caso de caírem sob influência da pessoa que estão caçando. É interessante, mas o fator decisivo para mim foi mesmo o Gen Urobuchi. Pressinto mais uma tragédia (gênero, não qualidade do produto).

Sakurasou no Pet na Kanojo

Baseado em light novel, Sorata mora no dormitório Sakura para crianças problemáticas de sua escola. Mashiro é uma artista genial que não faz a menor ideia de como se cuidar sozinha: ela se perde quando sai na rua, seu quarto é uma zona, etc. Sorata então passa a cuidar dela (por ordem de seus colegas de dormitório, aparentemente). Uma comédia romântica escolar ecchi sem pretensões, e é sem pretensão nenhuma que eu vou assistir.

Seitokai no Ichizon – Hekiyoh Gakuen Seitokai Gijiroku

Baseado em light novel, é uma comédia escolar cujos protagonistas são os membros do conselho estudantil. A eleição para o conselho nessa escola é feita de modo peculiar: quatro postos eleitos por popularidade, e um eleito por ter as melhores notas. Assim, em Seitokai no Ichizon temos um conselho estudantil com quatro garotas super populares e um pervertido que ralou de estudar por um ano só para poder estar lá com elas, e ele sonha transformar o conselho em seu harém particular. É o segundo anime de Seitokai no Ichizon, tendo o primeiro ido ao ar em 2009, mas ao invés de uma segunda temporada, parece ser uma adaptação totalmente nova. Não há muitos detalhes ainda, e até poderia ser uma continuação embora eu duvide muito disso dado o final que o primeiro anime teve. E considerando que mudou tudo, o desenho dos personagens, o estúdio de animação, o diretor, até alguns dubladores, eu aposto que será uma história totalmente independente. Gostei do Seitokai no Ichizon anterior, e vou assistir esse novo também (mas gostava mais do character design do anime de 2009).

To Love-Ru Darkness

Harém e fanservice para a alegria dos Países Baixos. O mangá está na fronteira entre o normal e o hentai, e o anime parece que seguirá a mesma linha tendo o OVA já lançado como referência. Baseado em mangá homônimo, que por sua vez é sequência do mangá To Love-Ru, onde a história começa e somos apresentados ao protagonista abestado com um dom para atrair gatas extraterrestres solteiras. O mangá original ganhou dois animes, de modo que esse anime é continuação dessas outras séries, mas sinceramente, se não assistiu ainda, não precisa. A história não tem profundidade nenhuma e se em dois ou três episódios você não conseguir entender o que está acontecendo, provavelmente não gostaria mesmo que entendesse. Para quem já assistiu ou leu To Love-Ru, a maior novidade aqui em minha opinião é que a Lala decidiu criar um harém para o Rito.

Veja o trailer, mas se puder e se interessar, sugiro que assista ao OVA recém lançado. Esse trailer é feito apenas com cenas do OVA, de todo modo.

Tonari no Kaibutsu-kun

Baseado em mangá shoujo, é romance escolar com personagens com personalidades bastante extremas. Ela só pensa em estudar muito para ter um excelente emprego no futuro e ganhar muito dinheiro e não depender de ninguém, ele é super amigável e inocente mas afobado e sem noção demais (além de ter força sobre-humana) e acaba assustando todos de quem tenta se aproximar, fazendo com que pensem que ele é um grande encrenqueiro mal encarado. E assim, é totalmente por acaso que eles se conhecem: ele se meteu em confusão no primeiro dia de aula tentando ajudar outros alunos e não foi mais às aulas e o professor pediu para que ela levasse as anotações de aula para ele. Do alto de sua inocência, ele entendeu que só por isso ela já era sua amiga. E se no começo ele só incomodou ela (e muito), com o tempo eles criam uma relação curiosa, compatível com suas personalidades. E tem um bom elenco de personagens e tramas secundários também (que espero ver no anime).

O trailer é bizarro, nada a ver com a história, mas ficou muito engraçado!

Talvez eu assista, ainda não decidi

Sukitte Ii na yo

Baseado em mangá shoujo de romance escolar. A protagonista é uma perdedora sem amigos nem namorado e um dia chuta um cara na escola sem querer e ele se apaixona por ela. Eu até assistiria, é um mangá de sucesso e acredito que a história seja boa, mas já vou ver muita coisa nessa temporada e minha cota de romance foi preenchida com Tonari no Kaibutsu-kun, então não sei. Talvez acabe vendo.

Não tem trailer ainda, mas essa será a música de abertura, da mesma autora da abertura de Fruits Basket (Ritsuko Okazaki, morta em 2004, sabia que conhecia ela, tenso!):

Não quero ver

Aikatsu!

Aikatsu! Baseado em um jogo arcade! Onde você é um produtor de ídolos! Não quero nem passar perto!

Bakuman 3

Baseado no mangá do mesmo autor de Death Note e que conta a história de um cara que queria escrever mangá e blá blá blá. Você já conhece. Se não conhece, não sou eu quem irá apresentar pois nem gosto dele mesmo.

Busou Shinki

É tipo um Angelic Layer só que diferente. Bom, tem robozinhos também e são usados para batalhas também. É promoção de um brinquedinho.

Chuunibyou demo Koi ga Shitai!

Baseado em um romance, livro, novela, ou algo assim. Chuunibyou é uma palavra que um comediante japonês inventou, que significa literalmente “doença da segunda série do ginásio”, para descrever pensamentos típicos adolescentes, em particular ilusões de grandeza. Enfim, é uma comédia romântica escolar e eu não vou ver, então já cansei de falar sobre.

CODE:BREAKER

Baseado em um mangá battle shonen cujo protagonista adolescente luta queimando seus inimigos com fogo azul, mas não é Ao no Exorcist, na verdade é mais antigo e não tem nada a ver. O protagonista nesse caso é um assassino de uma organização que assassina pessoas, e uma garota o conhece na escola e quer que ele pare de assassinar pessoas porque isso é errado, mas não é Kill me Baby, aqui não parece ser comédia e definitivamente não é um yonkoma. Enfim, não vou ver, já tenho muito battle shonen nessa temporada, não preciso de mais um.

Gyrozetter

Anime baseado em cardgame rip-off de Transformers.

Hidamari Sketch × Honeycomb

É a quarta temporada de um anime que eu não assisti as outras três e nunca tive o menor interesse.

Haitai Nanafa

Série slice-of-life com episódios curtos. Não me chamou a atenção.

Hiiro no Kakera Dai-ni-Shou

Segunda temporada do harém inverso cuja primeira temporada eu não assisti. Quem eu conheço e assistiu não gostou.

Ixion Saga DT

Baseado em um jogo.

K

Um anime original em meio a tantas adaptações. Na falta de criatividade (ou sei lá qual foi a razão) que fez essa temporada ter tantas adaptações, os produtores de K devem ter ficado com medo de terem sua ideia copiada e por isso não divulgaram até agora de que raio se trata. Pelos trailers, que não contam nada, e pelo character design, parece que vai ser algo com ação, com personagens com heterocromia, fanservice para as garotas (talvez até BL), e é isso. Se o MyAnimeList estiver certo, o projeto envolve também um mangá. Embora provavelmente só um spin-off, dá para concluir mais algumas coisas sabendo sobre ele: existe uma organização chamada Homra e você ganha poderes se entrar nela. Publicado em antologia shoujo. Mas eu não quero ver mesmo se tiver o melhor enredo do mundo, não liberaram uma mísera sinopse até agora, odeio eles.

Kamisama Hajimemashita

Adaptação de outro mangá shoujo de sucesso. Uma garota que acabou de perder o apartamento por causa das dívidas do pai salva um cara estranho de um cachorro, conta a ele sua triste história, ele se emociona com a triste história da garota e dá para ela sua própria casa. Que é um templo. Da onde ela é agora a nova deusa. E onde vive um deus com orelhas de cachorro que não gosta dela e vai embora. O templo fica decrépito porque o deus foi embora e ela se sente culpada e vai embora para ele poder voltar. Daí acontecem coisas e eles voltam juntos para o templo e a história começa de verdade. Deve ser bom para quem gosta, eu não me interessei.

Litchi DE Hikari Club

Esse até agora a pouco eu pretendia assistir. Olha o texto que eu já até tinha escrito:

Baseado em mangá de horror, com sangue, sexo e assassinatos. Não sei se irá para a TV com conteúdo tão forte quanto o mangá (que não li) parece ter ou se será suavizado, mas mesmo assim aposto que será bastante interessante. A história trata de um clube escolar cujo presidente tem controle total e que está tentando criar a qualquer custo uma inteligência artificial definitiva. A única voz discordante é a do ex-presidente, agora segundo em comando, e quando ele começa a reinvidicar o clube de volta para si as coisas começam a sair totalmente de controle.

Daí descobri que o anime não será isso, mas sim episódios curtos de comédia. Pois é. Brochei.

Little Busters!

Mais um anime slice-of-life escolar enjoado baseado em visual novel. Parece que tem muita gente ansiosa para ver, mas eu não sou uma delas.

Onii-chan Dakedo Ai Sae Areba Kankei Nai yo ne—

Mais um genérico de OreImo.

Oshiri Kajiri Mushi

Uma série de curtas baseada em uma música infantil de sucesso sobre um inseto que pica a bunda das pessoas. Não vou ver, mas aposto que será divertido.

Robotics;Notes

Se você assistiu os outros animes com ponto e vírgula e gostou, acho que vai querer assistir mais essa ficção científica. Eu não assisti os outros e não quero entrar no bonde andando.

Teekyuu

Baseado em mangá sobre o qual não encontro informação alguma. Parece ser um K-ON versão esportes que eu não vou assistir.

Wooser no Sono Higurashi

Episódios curtos em 3D baseados em um mangá sobre um mascote misterioso que parece fofinho mas é um pervertido, ou quase isso. Alguém pretende assistir isso?

Zetsuen no Tempest

Baseado em mangá, Yoshino e Mahiro testemunham o assassinato da família do segundo. Mahiro some no mundo procurando pistas sobre o assassino dos pais para se vingar, e anos depois uma mulher chamada Hakaze diz para Yoshino que seu amigo está envolvido com bruxaria que pode destruir o mundo e o governo japonês está atrás dele e essas coisas legais. Eu estive por muito tempo pensando em assistir, mas nem vou.

Sobre mexicano21

Her name is Koko she is loko I said "Oh no!"

23 comentários em “Animes da Temporada de Outubro segundo o Mexicano. Ou: Nada se cria, tudo se adapta!

  1. Nobre amigo… acho que só não vou ver uns 5 titulos pois de resto vou ver TUDO!
    Não sei aonde vou arrumar tempo, mas quero ver quase tudo que sair… sem duvida a melhor temporada do ano.
    Mas tem grandes chances de eu vir a dropar algumas… Medaka Box é um exemplo, os fãs da serie (como voce) dizem que realmente as coisas melhoras na segunda temporada… quero só ver hein!?

    • Se o que você quer é porrada, essa segunda temporada terá muito. E porrada com poderes esquisitos, que nem o último arco da primeira temporada. A menos, claro, que os produtores caguem pra história, mas duvido, no trailer estão aparecendo em destaque todos os … enfim, assista =)

  2. Eu vou ver praticamente tudo, fazer o teste dos 3 episódios e ai decido o que fica e o que dropo.

    Quanto a sua lista, eu leio o manga de tudo ai que vai ser adaptado, trocaria Magi por Code Breaker se fosse você. Pode ser pessoal mas não suporto protagonista com menos de 14, tive que me esforçar muito pra ler a primeira parte de Naruto. E Btoom ele acorda em uma ilha e a situação é similar ao jogo que ele era viciado, não exatamente igual, e sim, é real, não é SAO ou Matrix.

    Quanto a series com “ponto e virgula”, uma não tem ligação com a outra, pode ver a que quiser e na ordem que quiser pois são independentes. Steins:Gate é a melhor disparado e o o segundo melhor anime que já vi até hoje(o melhor foi Code Geass) o que é muito se considerar que tenho bagagem, vejo praticamente 70% dos animes de todas as temporadas a mais de 8 anos. Então com certeza recomendo Steins:Gate a qualquer um que goste de ficção cientifica e historias de viagem no tempo a la Efeito Borboleta. Um dos poucos animes que consegui fazer meu pai ver alias e ele gostou muito.

    • Sobre Btooom!, pelo que eu li eu entendi isso que você disse mesmo, me desculpe se meu texto ficou mal redigido, e obrigado pela crítica. E eu sei que os Ani;Mes não tem ligação uns com os outros, mas os fãs dessas séries (ou de pelo menos uma delas) também sabem disso, então não acho um grande problema a forma como eu descrevi. Pelo que tenho acompanhado a galera está animada para ver Robotics;Notes porque curtiram Steins;Gate (a maioria, não todos). Sim, da forma como eu escrevi induz a erro quem não conhece, mas como eu não vou assistir esse não me importei em ser muito correto mesmo, como eu alertei desde o início do texto. Para quem conhece eu não desanimei ninguém, desanimei? Steins;Gate aliás eu talvez um dia quem sabe veja, leio muito bem dele, mas já encharcaram minha cabeça de spoiler, perde pelo menos metade da graça, então sei lá.

  3. Onde vc achou isso de que Litchi vai ser comedia com episódios curtos!? eu quero o link! Basicamente quase tudo que você falou que vai ver eu passei longe pq eu não gosto de coisas muito “moe” com “fanservice” e com menininhas fofas….antes eu não tinha certeza se eu pegava Tonari no Kaibutsu-kun mas acho que eu vou pegar pra ver pq parece interessante.
    bye bye ~

  4. Vou ver JoJo e K. Aliás, só vou ver isso, mesmo. Minha facul não permite mais.

    PS: você fala como se animes originais fossem a maioria. Não lembro de nenhuma temporada que tenha sido assim. Aliás, a maior parte, que eu me lembre, é adaptação de mangás, novels e games/visual novels. o.o

    • Nunca foram maioria, mas pelas minhas contas (incompletas, claro, não estou aqui com listas completas de todas as temporadas) nessa temporada temos mais ou menos metade da quantidade de séries originais em média se comparado às demais temporadas do ano.

  5. A maioria dos animes que você citou irei assistir tirado uma ou outra continuação e o anime de meninas moe de tanques. Little Busters! e Robotics;Notes são o que estou mais esperado mas entendi os motivos de você não querer vê-los.

  6. Muito obrigado por essa materia, eu tbm acho que vou assistir muita coisa dessa temporada, alias essa é minha primeira temporada depois de assumido como viciado em animes e mangás.

    BTOOOM! ja é certeza que vou assistir, comecei a acompanhar o mangá em uma semana e na outra vi o anuncio do anime que me empolgou mais ainda, é bem mais adulto que SAO, e em BTOOOM! eles estão na vida real, se alguem explodir eles voa restos dos corpos pra todo lado, não é como SAO, tomara que não censurem muito.

    Junto com bakuman 3 e jo jo bizarre são os que estou certo de que vou acompanhar
    o resto vou asistir e os que me agradarem nos primeiros 5 episodio, eu acompanho.

  7. ”Para quem já assistiu ou leu To Love-Ru, a maior novidade aqui em minha opinião é que a Lala decidiu criar um harém para o Rito.”
    Acho que tu se confundiu aí, pq quem decidiu criar um harém pro Rito foi a Momo o/
    E sempre lembrando que a primeira temporada é 90% filler.

    Bem legal o guia, gostei mesmo ^^, vo da uma chance pra Code:Breaker, gosto do mangá. Não ia ter Sora no Otoshimono nessa temporada tb? Ou me enganei?

    • No OVA a Momo sacaneia, mas quem diz claramente com todas as letras que quer criar um harém para o Rito é a Lala. Se a ideia não veio dela eu não sei, pois não li o segundo mangá. Também não assisti as temporadas anteriores, só li o mangá original.

      Code:Breaker eu só não assisto porque já estou com muito battle shonen (Hayate, JoJo’s, Magi, Medaka Box, mais os da atual temporada que se estenderão sobre a próxima), e de Sora no Otoshimono nunca ouvi falar nada.

      • Eu acompanho o mangá de To Love e ja vi as outras temporadas tb e na vdd o que acontece é que a Lala nao se importa em dividir o Rito com a Haruna, mas quem tem a ideia do harém e quem planeja e ta tentando fazer ele é a Momo o/

        • Não li o Darkness então acredito em você. No OVA que é uma espécie de episódio 0 para o novo anime e que eu já assisti quem fala abertamente sobre isso é a Lala, mas isso é detalhe. História é o que menos importa em To Love-Ru, né =D

  8. Vás ver mais que eu! uashuashuashuashuahsuahsau… Mas, achei essa temporada a mais interessante do ano. Nada das demais conseguiram chamar a minha atenção como esta. Vale esperar para ver o desenvolvimento dos animes e quais irão fracassar ou não.

    \õ/

  9. O mangá de Hikari Club tem uma narrativa péssima, uma pena considerando que o Furuya é um dos meus mangakás prediletos. Little Busters eu só vou assistir pra apedrejar e xingar a fanbase feito louco.

    E pra acabar com a pequena discussão ai de cima, olhando o chart da temporada só temos umas 5 produções originais, o resto é adaptação de jogo(car game, arcade, VN, etc), mangá ou novel.

  10. Desse post, só to apostando em Jojo’s Bizarre Adventure, Magi – The Labyrinth of Magic, Psycho-Pass, K, BTOOOM! Jormugand 2 (nem vi a primeira temporada ;_;), Medaka Box Abnormal e To Love-Ru Trouble Darkness. Ou seja sou vou ver tudo animu é quanto de anime BADASS.

    • Veja a primeira temporada de Jormungand AGORA! Se vai ser realmente necessário para entender a história da segunda eu não sei, mas só posso apostar: além de tiroteios e outras coisas legais, contou trechos do passado da maioria dos personagens, então a chance de você ficar boiando se essas informações forem necessárias para o entendimento da segunda temporada é grande. Mas o maior motivo mesmo é porque Jormungand é muito foda!

Faça um comentário, é de graça

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: