4 Comentários

Aria – Venha conosco para um belo passeio com lindas paisagens

Notaram que o blog ficou 2 semanas em hiatos? Pensaram que acabou? Claro que não! Por enquanto nada de acabar. Com vocês, Aria no Planeta do Moe.

Aria é uma série de mangás criada por Kozue Amano em 2001, o mangá é dividido em 2 partes: Aqua que tem 2 volumes, que foi publicado de 2001 a 2002 na revista de demografia Shounen Stencil e logo ganhou uma sequel com o nome de Aria em outra revista de demografia Shounen, a Comic Blade, de 2002 até seu fim em 2008 com 12 volumes compilados, ambas as séries não foram publicadas no Brasil e apenas podem ser lidas por scans, a primeira série, Aqua, pode ser lida pelo scanlator Chrono, enquanto a segunda parte segue sem tradução e somente pode ser lido em Inglês. Ganhou ao todo 3 temporadas para televisão, 1 OVA e 1 Especial que se passa durante a 4º e última temporada da série. A primeira temporada, assim como todas as outras temporadas e OVAs/Especiais foram animadas pelo estúdio Hal Film Maker e foi dirigido pelo incrível Junichi Satou, conhecido pelas séries Tamayura, Sailor Moon, Kaleido Star, Princess Tutu, Ojamajo Doremi, Phi Brain e Slayers. A primeira temporada foi exibida de Outubro de 2005 até Dezembro do mesmo ano em 13 episódios, a segunda temporada veio 6 meses depois na temporada de Abril e terminando em Setembro, totalizando, 26 episódios. Sua OVA lançou em 2007 e se passa antes da 3º temporada. A 4º e última temporada do anime veio na temporada seguinte, começando em Janeiro e terminando em Abril, totalizando 13 episódios. Juntamente com Suzumiya Haruhi e Lucky Star, Aria é considerado um dos pilares do gênero Slice of Life, apesar de ser bem mais criativo e mais bonito que os outros dois, é o pilar menos conhecido. Aqua basicamente conta a calma história de Akari, uma jovem moça de 15 anos que nasceu em Man-Home (anteriormente conhecida como Terra) para se tornar uma Undine, e é treinada em uma empresa chamada Aria Company. A empresa é dirigida por Alicia Florença, um das três melhores Undine, Também conhecidos como as três Fadas da Água, são aquelas que trabalham como transportadoras e guias turísticos, muito bem reconhecidos na comunidade. Durante o trabalho, ela passa a conhecer todos os tipos de pessoas, desde amigos a pessoas especiais, tudo entre os belos “planos de fundo” do planeta Aqua. Treinando duramente, Akari tem como objetivo tornar-se uma Prima. Muitos encontros e eventos misteriosos ocorrem e a cada episódio que passa em suas aventuras faz com que Akari tenha a certeza de seguir neste planeta cheio de milagres que é Aqua. Aqua na história é o planeta Marte, que terminou sendo colonizado pelos humanos e o transformaram em um belo planeta repleto de água, com isso ele é renomeado como planeta “Aqua”. Sustentada em que é Neo-Venezia, uma réplica exata da antiga Veneza, com belas vias, praças e palácios.

Começo isso aqui dizendo o seguinte: Aria é muito bom.

Vamos explicar agora o motivo de ser tão bom?

Aria não é apenas um anime extremamente encantador por sua beleza visual e sonora, é uma ótima comédia, um dos pilares do Slice of Life.

Aria é extremamente bem dirigido durante seus 54 episódios, seu diretor faz um grande papel mostrando a história com bastante firmeza e de uma forma que te deixa de queixo caído, aliás, dos trabalhos do diretor que eu já assisti, esse até o momento é o melhor que eu vi dele.

Sua beleza visual é encantadora, cheia de detalhes, a história mostra uma Veneza alternativa, que é tão bonita quanto às fotos já vistas da original.

O ritmo do anime é bem lento, mas é justamente isso seu ápice, é uma série pra se apreciar aos poucos e se encantar, seja com a história, seja com a animação, seja com tudo.

Aria tem uma excelente animação, realmente bastante engatadora para sua época, é impossível não gostar da beleza natural desse anime.

A história é como a de todo Slice of Life, bem simples e bobinha, mas esse bobinho é muito agradável e muito criativo, talvez se pensarmos nas formas mais criativas já pensadas em contar um anime “porra nenhuma”, “anime sem história nenhuma”, não importa, é um dos animes que competem diretamente com Black Rock Shooter (sim, BRS, aquele anime ruim, mas criativo) em um Slice of Life criativo.

A grande atração deste anime é realmente seu enredo relaxante, focado quase sempre em demonstrar a grande beleza da misteriosa Neo-Venezia (Nova Veneza), a principal cidade do anime, que é uma Marte envolvida artificialmente por água. A principal, Akari, é uma garota que treina com suas amigas para virar uma “Undine”, a profissão prestigiada de Neo-Venezia que é a de ser um guia turístico que mostra a beleza da cidade, remando por seus canais em uma gôndola.

O anime é praticamente quase todo dedicado aos seus personagens, mostrando sua tranquila vida diária que eventualmente ocorre fatos sobrenaturais. Aria é um anime que pessoas mais pseudo-cults não irão gostar, quem adora um anime cheio de Ação também, e quem só gosta de abrir sua mente a algo mais adulto e pesado também não deve gostar. Já que Aria é um anime sobre a vida, a vida cotidiana com seus amigos, distrações, desafios diários que você deve encontrar a solução sozinha em um mundo de pura ficção. É um anime que como todo Slice você aprende sobre o mundo na visão da protagonista sobre o mundo.

Não são lições de vidas que você pode se questionar, são feitas para ser digeridas e aprendidas com um personagem mostrando toda sua visão de mundo. Nenhum personagem jamais irá te fazer adotar aquela visão, apenas veja, reflita, expanda seus horizontes e crie suas próprias crenças.

Os personagens de Aria tem visuais bem atraentes, bem bonitos, desenhados com uma beleza só, o mais estranho fica por parte do Presidente Aria, que é talvez um dos mascotes mais legais que eu já vi, e sim, superando os amados pinguins de Penguindrum. O Clima calmo e muito nostálgico forma um par perfeito com uma bela OST, que envolve Jazz, Pedaços de músicas de piano e uma outra música folclórica italiana.

Ao final de tudo você não aprende nenhuma grande lição de vida? Talvez não, mas você absorve tudo o que o anime te ensina sem nem notar, o mesmo ocorre com as personagens, você não nota o quanto elas cresceram ao longo dos 54 episódios, é algo que você vai aprendendo e nem percebe.

É simples, bonito, calmo e um ótimo divertimento para se sentar, comer a pipoca e relaxar como se estivesse em um passeio de gôndola com ótimas personagens bonitas e simpáticas.

Seu grande problema é justamente por ter tantas personagens tão legais, uma hora acaba e você precisar dar tchau a todos os personagens muito legais que você conheceu durante a série.

O trabalho das seiyuus em Aria é ótimo, com vozes bem agradáveis ao ouvido do telespectador, ela passa muito da forte carisma das personagens, principalmente nas personagens Akari e Akira. A voz madura de Akira combina com o calor da personagem, sem perder sua personalidade independente do humor que esteja no momento. E Akari tem uma voz doce, sem conseguir ser enjoativa em nenhum momento, de uma forma que combina com sua personalidade divertida e alegre.

A comédia em Aria é ótima, me fez rir durante vários momentos durante a série, eu nunca estive tão relaxado ao ver um anime assim, com belas OPs e EDs, que conseguem aparecer na lista das melhores que eu já ouvi, ficaram na minha memória e me deixaram sempre saudades deste anime tão bom chamado Aria.

Aria é um anime que deve ser visto por todos que apreciam algo calmo, divertido, engraçado, com personagens boas e uma boa OST, caso contrário, nem veja, mas no caso de Aria, duvido é conseguirem abaixar a média da MAL disso.

Notas:

S1: 8

S2: 9

OVA: 10

Especial: 10

S3: 10

E para encerrar, vamos postar imagens do carismático, fofo e engraçado, mascote da série?

4 comentários em “Aria – Venha conosco para um belo passeio com lindas paisagens

  1. Correção para não ter mal entendido.
    Undine são as gondoleiras de Nova Veneza, são iguais aos gondoleiros de hoje com a diferença de que são todas mulheres. Um Undine é uma gandoleira profissional, que teve todo o treinamento. As Três Fadas são os destaques de Nova Veneza, as mais famosas e vistosas Undines, aqueles que conquistaram com alguma característica especial ou pessoal e foram transformadas em atração turística.
    A Alica é uma undine e uma das três fadas.

    Melhor OST, fato.

  2. Um dia ainda verei Aria e voltarei pra comentar. Esse mascote me faz vomitar arco-iris sempre quando eu vejo, tomara que eu goste de assistir.

  3. Anime lindo demais!!!! é um dos meus favoritos!!!

    só não entendi o por quê dessa nota 8 aí pra primeira temporada…. pra mim é nota 10 pra todas!!!

    acho q o episódio 3 de The Natural é o melhor episódio de anime q eu já vi!!!!
    (aquele q elas vão caçando “baús de tesouros” pela cidade, em q cada baú tem uma pista pro próximo)

    e os ultimos episodios são muito emocionates….. eu chorei em cada luva tirada!!! T.T

    Só acho q não eh um anime q qualquer Zé Mané é capaz de apreciar, principalmente a mulecada muito nova.. =(

    • “Só acho q não eh um anime q qualquer Zé Mané é capaz de apreciar, principalmente a mulecada muito nova.. =(”

      Nenhum SoL aliás, diga-se de passagem xD.

      Obrigado pelo comentário e volte sempre.

Faça um comentário, é de graça

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: