2 Comentários

Dragon Crisis – Dragões moeficados

Desperdício, essa é a palavra para definir a jornada desperdiçada por Dragon Crisis.


A série conta a história de Ryuuji, um garoto que resgata uma menina de negociantes do mercado negro. Descobre-se depois que a garota é um dragão, e Ryuuji decide lutar para protegê-la de ser capturada novamente.

Neste anime do Studio DEEN (“Giant Killing”, “Kore Wa Zombie Desu Ka”, “Fate/Stay Night”) acompanhamos a história de Ryuuji e sua prima Eriko na busca por “Lost Precious”, tesouros que dão “poderes” àqueles que os possuem. Em um determinado momento eles encontram Rose, um dragão vermelho. Rose parece ter uma ligação com Ryuuji, no decorrer da série ele tenta protege-la dos perigos que a ameaçam.

Quando comecei a ver Dragon Crisis eu tinha boas expectativas, a premissa era de um anime bem divertido, a expectativa era ótima, muito boa realmente, era aquele anime que você assiste e diz: “Isto vai ser algo no mínimo bem divertido.”

Pois é, mas não foi bem assim minha história com Dragon Crisis, o anime quando estava lá bem no começo foi algo realmente bem divertido, tinha bons personagens, era realmente algo agradável de ver, algo que não muda sua vida, mas te diverte enquanto assiste.
Isso aconteceu até alguns episódios antes do anime se perder, o anime se perdeu completamente, não conseguiu mais se desenvolver bem e acabou terminando com uma profundidade de história tão grande quanto visto em K-ON!

Mas isso claro é minha opinião, eu conheço pessoal que gostaram realmente do anime, mas eu realmente acho que o anime se perdeu e terminou em um roteiro previsível e cheio de clichês.

Os personagens de início chegam com um ar de que seriam super legais, carismáticos e cativantes, bom ficou nessa expectativa mesmo, porque no fim os personagens se mostraram de personalidade rasa e clichê, bem vista em outra dezena de animes por ai.
Talvez uma personagem que dê para se salvar do elenco fraco de Dragon Crisis é a loli dragoniana de cabelos loiros e bem moe Rose, que por sua vez com o ótimo trabalho da seiyuu Rie Kugimiya (Shana em Sakugan no Shana, Kagura em Gintama, Taiga Aisaka em Toradora).

Como dito no parágrafo anterior, Rose é a personagem mais adorável do anime, mas isso é graças mesmo a sua seiyuu que deu uma graça à mais ao personagem, apesar dos muitos exageros na dublagem, como por exemplo, é muito, mais muito irritante ouvir a Rose gritar, algo de doer os ouvidos. Isso claro sempre tentando voltar ao velho tema de um possível harém na série com todo seu elenco principal.

O traço apresentado pelo Studio DEEN é bastante agradável e bonito, e de ótima aparência também, ambas a qualidade de animação e os efeitos colocados durante a animação dos episódios. A trilha sonora pode ser considerada bastante fiel ao estilo de anime que Dragon Crisis é, satisfaz bem de acordo com as situações apresentadas no anime. As cenas de luta são bem normais e podem ser encaixadas num padrão monótono e mediano, não chegam realmente a empolgar o telespectador. Mesmo com tantas qualidades técnicas, ainda sim o anime não desaponta em vários quesitos.

Mesmo tendo grandes títulos no currículo, o Studio DEEN fracassou com Dragon Crisis, um anime simplesmente mediano lotado de clichês e sem nada de novo a acrescentar no modelo de Akibahara, o final do anime é totalmente clichê e bem previsível.
Resumindo a história toda, Dragon Crisis é um anime mediano que não vai passar de mera diversão a quem assistir que não dá para se esperar muito, além disso, dessa vez nem Rie Kugimiya não conseguiu salvar este mediano anime. Nota: 6/10.

2 comentários em “Dragon Crisis – Dragões moeficados

  1. Dragon Crisis é uma merda, flvv.

  2. ADOREI o conceito de itens mágicos/amaldiçoados, a organização secreta, enfim… o scenarii, ou seja, o enredo do anime me cativou. E eu sou fã de tsunderes, então parti de cabeça pro anime. Me deparo com uma dragoazinha irritante BERRANDO RYUUJI todo o tempo o tempo todo. Personagens incrivelmente borings. Episódico, o que é pior, nem trama teve direito. Pra encerrar, só gostei mesmo um tiquinho do Ryuuji (Nome esse extremamente clichê pra harens, aliás) e da Eriko (ADOREI a Eriko, por algum motivo)

Faça um comentário, é de graça

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: