11 Comentários

Por que afinal o gênero Slice of Life é tão odiado?

Enjoar de Slice of Life é o mesmo que enjoar da sua vida. Sim, essa é a frase que eu inicio essa jornada em busca da pergunta que não quer se calar: Por que afinal o Slice of Life é o gênero mais odiado atualmente? Não tem mechas que aguente tanto ódio.

Normalmente aqui eu diria uma sinopse do que eu falaria, mas isso é se isso fosse um review de comum, mas bem, explicarei o conceito básico que depois de mais de 60 histórias no gênero, minha pessoa conseguiu captar.

A premissa do Slice of Life é bem simples, aqui é contadas histórias de vidas, sem purpurinas, lições de amizade exageradas, garotas mágicas lutando contra o mal ou garotos banana com harém que você adoraria ter, mas não existe. O objetivo aqui é mostrar o dia a dia dos personagens, mostrar aqueles momentos importantes do dia que você teve com seus amigos, familiares durante seu dia-a-dia.

Literalmente, aqueles momentos preciosos do dia a dia, que por algum motivo, quando animados viraram o gênero mais odiado de todos. Tudo bem que você pode não curtir, afinal é direito seu, mas a questão aqui é bem mais funda.

Slice of Life terminou graças a certos animes (leia que foi culpa de K-ON!) taxado como automaticamente um gênero moe, tudo bem que a maioria é sim com personagens moes, aliás, se tivesse um Slice of Life com traços de Kaiji, eu apenas não assistiria, afinal é feio.

Mas Slice of Life não se resume ao moe, existem sim, Slices pouco moes e até Slices of Life normais, quer um exemplo de um? O bem falado Josei de Chica Umino, Honey and Clover.

Honey and Clover segue a premissa básica do Slice of Life, aqui somos apresentados a um grupo de estudantes, e seguiremos suas vidas, com todos seus momentos felizes, tristes, de amor e de doenças. Mas a questão vem é no seguinte ponto: se todo Slice of Life é moe, por que H&C não é considerado também?

Mas claro, a predominância no mercado desse gênero está nos K-ON!’s e seus genéricos que surgem a cada temporada, todos sempre divertidos, mostram a vida simples e fofa das garotas, não tem exageros, apenas a vida delas e ponto final.

Mas afinal, por que o gênero é tão criticado? Tudo bem que consiga ser chato até demais às vezes, mas ele em si é um ótimo gênero, para apenas sentar e relaxar enquanto vemos as vidas dos personagens.O gênero é muito vasto, ele mesmo é incluído em diversos mangás por ai, e da mesma forma que ele pode ser extramente clichê, ele pode ser extremamente criativo, como em Aria.

Onde está a ligação disso com a vida real? Ué, tu não leva uma vida comum, com seus momentos agradáveis, momentos de tensão, momentos de drama? Justamente por esse motivo que enjoar do gênero é o mesmo que enjoar da sua própria vida.

Mesmo que você não viva exatamente como no mar de flores sem preocupações dos animes atuais do gênero, ainda tem muito do mundo real ali. E ao menos ainda serve para que você relaxe e pelo menos pense numa vida que você não tem, é menos doloroso do que apenas imaginar.

Enfim, ao menos, eu peço que se você não curte o gênero, o deixe de lado e vá assistir o resto, afinal, são mais de 30 animações, os slots de Slice of Life mal chegam a três. Você assistir apenas pra desgostar não vai fazer parar de sair mais e mais animes assim e muito menos fará que as pessoas que gostam do gênero deixem de gostar.

Mas eu quero mesmo saber é: Afinal, por que você enjoou da sua própria vida?

About these ads

11 comentários em “Por que afinal o gênero Slice of Life é tão odiado?

  1. A questão é que existe um monte de noob por aí que só quer saber de shounen e animes de ação.. Só querem saber da Narutada q
    Slice of life poderia ser considerado odiado mais por garotos, afinal.
    Tem gente que não sabe curtir coisas fofas, dramáticas e alegres..

    • Slice of Life é um genero do seinen, que é uma temática mais adulta, shonen é mais voltado para crianças e adolescentes, por isso eles se identificam mais.

  2. Minha vida > escola, ver anime, dormir.
    Sedentarismo ç_ç

  3. Lá vai o Ketsura achar moe em tudo e, o gênero não é odiado, é você quem convive com pessoas de mentalidade infantil.

  4. Desde quando é odiado? Lembro como se fosse ontem o meu amigo me pedindo recomendações de Slice of life. E é um gênero que eu vejo para descansar a mente, esse e ecchi. E eu creio que nem todo slice tem como objetivo ser moe. Realmente tem muito clichê mas isso é questão de costume. Eu pelo menos não consegui enjoar de slice of life, isso deve também porque eu acompanho vários gêneros, então acabo me distraindo.

    Mas o texto está muito bom ^^

  5. Odiado? Talvez, mas nem tanto…

    A principal crítica que vejo por ai não é com relação ao moe, mas sim a falta de ação/emoção(????) do gênero. Um amigo meu descreveu seu desgosto por esse tipo de anime da seguinte forma:”é porque é só o dia-a-dia do personagem. Se eu quisesse ver gente indo a escola ou trabalho, bastaria sair de casa e ficar observando…”, ou seja, ele não gosta justamente pelo que falou em seu post, é a vida real, e, para gente como esse cara, sem graça. Para eles, são animes mornos que, no máximo, terão alguma comédia mediana. Essas pessoas ignoram a força de um bom Slice of Life, que pode ser dramático e emocionante, como um certo josei Usagi Drop, engraçado, inusitado e criativo como o supracitado Aria, entre tantos, que vão desde a comédia “paródia da vida cotidiana” até verdadeiras obras que fazem parar para pensar na vida e nos rumos e decisões que se toma ao longo dos anos. Enfim, acredito que esse “ódio” venha de pessoas de mente fechada, que acham que anime tem que ter ação, porrada e sangue, ou ser carregado de fanservice/ecchi-calcinha-aparecendo-a-cada-10-segundos, e não consegue enxergar a beleza de uma estória bem contada e que mais realista.

    • Você nem para usar citações corretas para me alfinetar por aí, não é?
      Uma correta seria… Slice of Life = Novela Animada… nada muito diferente…
      Tem ter algo bem incomum/inusitado para me atrair neste estilo.

      Sem querer levantar discórdia, pois esta é uma opinião pessoal [e respondendo ao tagarela aí em cima].
      Abraços, Tom.

      http://amalgamasrpg.wordpress.com/

      • Não era de ti que eu estava falando, TOMÁS, era do outro cara que bloga com a gente…e sequer estava alfinetando alguém, apenas citei um ponto de vista. Mas me explique em que exatamente seu ponto difere do que eu disse? “Slice of Life=Novela Animada”, não é o mesmo que “tratar da vida real, do dia-a-dia dos personagens”? E não concordo com esse ponto, pois se fosse como nas novelas, não teria o encanto que tem, seria apenas dramalhão barato. Assista Usagi Drop e Aria, e outros tantos, e verá que a qualidade narrativa é bem superior. Algo incomum e inusitados? Assista o anime da imagem introdutória desse post, Shinryaku! Ika-Musume, que é bem por ai…

  6. Bom, aproveitando a abertura, decidi dar minha opinião também, como o texto ficou maior do que eu esperava, fiz umas alterações e postei lá no meu blog mesmo! Fiz uma citação da postagem de vocês lá (tudo bem?!) !!! Que tal dar uma olhada? ;)

    http://www.ninha-paz.blogspot.com.br/2012/05/slice-of-life-o-odiado-sera.html

  7. Sou fã do género. Está dito.

Faça um comentário, é de graça

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: